Luis Fabiano é suspenso por quatro jogos e desfalca Vasco no Carioca

Condenado, Fabuloso deixa julgamento antes mesmo do fim. Cruz-Maltino vai recorrer e tentar efeito suspensivo para que centroavante jogue no sábado, contra o Flamengo

O atacante Luis Fabiano vai desfalcar o Vasco na reta final do Campeonato Carioca. Nesta segunda-feira, após três horas de julgamento, o atacante, por unanimidade, foi suspenso por quatro partidas pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), em função do cartão vermelho recebido no clássico contra o Flamengo, pela Taça Rio, no dia 26 de março. O Cruz-Maltino vai entrar com recurso e tentar efeito suspensivo – o prazo é de três dias – para que o jogador atue contra o Rubro-Negro no próximo sábado, pela semifinal da Taça Rio.

– Vamos apresentar recurso. Cabe efeito suspensivo. Temos que aguardar o acórdão. Não sei se até lá (clássico contra o Flamengo) conseguiremos o efeito suspensivo – disse Paulo Rubens, advogado do Vasco que atuou na defesa de Luis Fabiano.

Luis Fabiano e Andrezinho julgamento (Foto: Fred Huber)Luis Fabiano acompanha julgamento, acompanhado por Andrezinho (Foto: Fred Huber)

Antes mesmo de ouvir a sentença, o Fabuloso deixou o local onde foi realizada a audiência, no Centro do Rio de Janeiro, acompanhado de Andrezinho, meia do Vasco que foi testemunha de defesa do atacante. A saída deles aconteceu após os dois primeiros votos indicarem suspensão de quatro jogos ao atacante.

O árbitro Luis Antônio Silva dos Santos e Marcelo Viana, diretor de competições da Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj), também estiveram presentes para depor.

O Fabuloso foi denunciado em três artigos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva: 250 (ato hostil), 258 (conduta contrária à ética desportiva) e 243-F (ofender a honra do árbitro).

Defesa critica árbitro: “Encenação espalhafatosa e mambembe”

A defesa de Luis Fabiano tentou diminuir a punição do atacante baseada nas críticas a Luis Antonio Silva dos Santos. No lance que originou o cartão vermelho, o Fabuloso deu um encontrão no árbitro, que deu vários passos para trás como se tivesse se desequilibrado. O advogado classificou como “espalhafatosa” e “mambembe” a “encenação” do juiz.

A estratégia, porém, não funcionou. Antes da votação, o relator do caso criticou a postura de Luis Fabiano e o que chamou de “espírito de macheza” do atacante. Por outro lado, também lamentou a encenação do árbitro. Maas, ainda assim, pediu os quatro jogos de suspensão ao Fabuloso, que seus colegas acataram.

 

Facebook Twitter Google+ linkedin email More
Copyright © Portal de Notícias e Guia Comercial de Conservatória - O melhor portal de informações e entretenimento de Conservatória